Connect with us

De volta em cartaz com musical “Uma Saudação às Divas”, Li Martins revela sonho de conhecer Celine Dion e Mariah Carey e o que diria para elas

Publicado a

em

Conhecer um ídolo é um grande sonho para a maioria das pessoas. Inclusive para os famosos, que também confabulam com carinho a possibilidade de um dia estar frente a frente com sua maior inspiração. Difícil mesmo é saber como agir e o que falar neste momento. O que não parece assustar a ex-Rouge Li Martins, que garante ter na ponta da língua as palavras certas para demonstrar toda a sua admiração por Celine Dion e Mariah Carey, cantoras que ela homenageia no espetáculo “Uma Saudação às Divas” de volta em cartaz com apresentação única em São Paulo, no próximo sábado, 14, no Teatro Eva Wilma.

“Uau!!! Poderia dizer tantas coisas, o quanto sou fã e agradeço por terem sido o meu despertar pra música! Talvez se não fosse por elas hoje eu não teria chegado tão longe!”, conta Li Martins, completando em seguida: “As duas coincidentemente foram minhas maiores influências! Celine foi quem me mostrou o caminho, e me levou pra carreira de cantora. Mas foi vendo Mariah Carey brincando com a voz dela e tantos recursos técnicos, além de um timbre inconfundível, que me fizeram viciar nos Karaokês da vida. Então quando chega esse momento “Mariah” no espetáculo, eu volto a ser a adolescente que sonhava em ser como ela”.

Com direção geral de Rafael Mello, o espetáculo, que promete conduzir o público a uma jornada inspiradora, comovente e emocionante, pela vida e carreira das divas do Pop, também conta com todo o talento da campeã da quinta edição do The Voice Brasil, Mylena Jardim, para reviver a icônica Whitney Houston, uma das artistas mais vendidas e premiadas de todos os tempos, que saiu prematuramente de cena aos 48 anos, vítima da dependência em álcool e drogas. Além de trazer uma participação super especial de Rafael Oliveira.

Mylena, assim como Li Martins, conta com a grata coincidência de interpretar sua maior ídolo. E apesar de não ser mais possível a conhecer pessoalmente um dia, a cantora conta que guarda em seu coração a gratidão por ter Houston como sua professora de canto na adolescência. “Eu falo que ela é minha professora, porque eu aprendi muita coisa com ela. Costumo dizer que 50% do que sei no canto, aprendi com ela e os outros 50% com a Beyoncé. Mas principalmente a Whitney, porque eu escutei muito ela quando era mais nova. Então ela me ensinou a fazer melisma, drives, falcetes e isso é incrível!”, explicou.

A nova edição do espetáculo “Uma Saudação às Divas”, traz ainda grande elenco, formado também por músicos, cantores e bailarinos, apresentando os clássicos que transformaram Whitney Houston, Celine Dion e Mariah Carey em algumas das maiores cantoras dos séculos XX e XXI. Além de impressionar pela troca de figurinos usados pelas divas representadas.

Além de São Paulo, o musical também passará por outros estados brasileiros, como o Rio de Janeiro, onde o espetáculo deverá ser apresentado em fevereiro de 2023.

Continue Lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas

© Todos os direitos reservados