Dr Giovany Bettega explica nova técnica sobre transplante capilar

Técnica internacional, minimamente invasiva.

Você já ouviu falar de um procedimento chamado transplante capilar FUE?

O transplante capilar FUE é uma excelente opção para indivíduos com diferentes graus de calvície, seja em pequenas ou grandes regiões. Também pode ser usado para esconder falhas em outras áreas do corpo, como barba e sobrancelhas, ou como substituto para o crescimento de cabelo em áreas afetadas por queimaduras ou cicatrizes não intencionais.

“Atualmente, esse tratamento é realizado utilizando os próprios folículos do próprio paciente, o que resulta em uma aparência mais natural. O tratamento consiste na retirada dos folículos pilosos das áreas onde o fio é mais forte, ou seja, onde não há predisposição à calvície. Esses folículos são então transplantados para áreas que requerem preenchimento”, explica o Médico.

O transplante capilar é uma técnica médica cujo objetivo principal é substituir os cabelos perdidos pelos próprios do paciente. Ou seja, ele transfere os folículos capilares que não são propensos à calvície, como os da nuca, para a região calva, fazendo com que os pelos voltem a crescer naquele local.

Assim, esta é a única opção de tratamento considerada definitiva para a calvície androgenética, que é causada por razões hereditárias e tem impacto significativo na autoestima dos homens.

O transplante capilar FUE é uma tecnologia de transplante capilar não invasiva desenvolvida nos Estados Unidos, que produz um resultado mais natural e permite que o paciente volte para casa no mesmo dia!

A técnica leva cerca de 4 a 8 horas dependendo da região que o procedimento será realizado.

Numerosos pacientes retornam ao trabalho no dia seguinte

Técnica ambulatorial segura e direta

Rápida recuperação; abordagem tão minimamente invasiva quanto possível

Resultados que são permanentes e parecem naturais

Após o transplante de cabelo, um penteado curto pode ser usado

Não tem cortes e a área doadora permanece praticamente inalterada após alguns dias

“Todas as orientações para o pós do transplante capilar FUE são dadas a cada paciente individualmente pela equipe clínica, e o paciente recebe alta no mesmo dia do procedimento”, alerta o médico.

As atividades no couro cabeludo podem ser realizadas em média 10 dias após o procedimento, mas o banho de mar, piscina e luz solar direta devem ser evitados por pelo menos 30 dias após o término do procedimento.

Aproximadamente 30 a 40 dias após o procedimento, os fios transplantados começam a cair e novos fios começam a crescer dentro de 3 a 4 meses. Em menos de seis meses, é possível observar melhorias e, em doze meses, elas são totalmente aparentes.

Dr Giovany Bettega - Foto: Moises Pazianotto
Dr Giovany Bettega – Foto: Moises Pazianotto