Fábrica do Samba recebe mutirão da vacina contra a covid-19

Nesta sexta-feira (10), os profissionais que trabalham na Fábrica do Samba I receberam a vacina contra a covid-19. O mutirão atendeu os trabalhadores que ainda não haviam tomado a 2ª dose da imunização e os que já estavam elegíveis para tomar a dose de reforço.

Cerca de 40 trabalhadores da administração do complexo e dos barracões das sete escolas de samba que estão na Fábrica do Samba completaram ou reforçaram sua imunização contra a covid-19.

Nos próximos dias, o mutirão da vacina contra a covid-19 chega à Fábrica do Samba II, em Santana, para atender os profissionais das agremiações dos grupos de Acesso e Acesso II.

A pouco mais de dois meses para os Desfiles das Escolas de Samba de São Paulo, toda preparação foi repensada para ser executada com segurança, para trabalhadores e componentes. Os trabalhos, nos barracões e nas quadras, são feitos com distanciamento social e uso obrigatório de máscara cobrindo nariz e boca. Nos eventos e ensaios, a apresentação do Passaporte de Vacina é exigida na entrada.