Connect with us

Colunistas

Hidratação e manutenção na pelagem longa dos cães: você sabe como fazer?

Publicado a

em

Liliane Minelle, groomer especialista em saúde, higiene e estética animal, explica a melhor forma de cuidar dos pêlos do seu pet.

O uso do termo “estética” para falar de serviços como hidratação canina costuma gerar confusão entre tutores e público geral. Para muitos, ele dá a entender que abrange serviços cujo objetivo seria apenas melhorar a aparência do seu pet, sem benefícios reais para a qualidade de vida do pet. Pois saiba que isso está longe de ser verdade!

Ao ajudar a restabelecer o equilíbrio da estrutura dos pelos, a hidratação de pelos caninos protege, restaura e evita a formação de nós, tão incômodos para os pets. Não bastasse isso, com o cuidado adequado e mais frequência *ainda ajuda no equilíbrio do PH da pele *, o que é boa notícia para aqueles pets que estão utilizando shampoo terapêutico, pets de pelagem curta com tendência a ficar com a pele seca nas mudanças de estações.

“É preciso conhecer o pêlo do cachorro para fazer a hidratação correta. Os fios são compostos por cutícula, córtex e medula e, por isso, é importante saber o que usar para deixar uma pelagem bonita e brilhante. Fazemos um teste de porosidade para entender se é preciso fazer hidratação, nutrição ou reconstrução, para devolver queratina, proteína e lipídios”, explica Liliane Minelle, groomer especialista em tosas.

De acordo com Liliane, pentear e escovar os pêlos todos os dias, sagradamente, é a primeira dica para quem tem pets de pelagem longa. Caso contrário, irão se formar aqueles indesejáveis nós.

Liliane Minelle - Crédito da Foto: Pris de Paula / Divulgação

Liliane Minelle – Crédito da Foto: Pris de Paula / Divulgação

“Além disso, com a rotina de escovação você consegue manter a pelagem desembolada, isso torna o trabalho e o tempo que se perde menor. Se você levaria em média 20 minutos por dia para pentear, esse tempo irá dobrar quando você deixa para pentear no dia seguinte”, destaca.

Outra rotina importante para deixar a pelagem saudável é fazer hidratações semanais ou quinzenais, dependendo da necessidade do pêlo ou até mesmo um cronograma capilar com profissionais qualificados, pois o tratamento fortalece os fios e promovem um cuidado mais profundo.

“Os pelos dos pets, assim como nossos cabelos, possuem cutículas como se fossem várias escamas ao longo de todo o fio. Com o tempo e devido à ação de sujeiras, radiação ou produtos químicos, esses fios vão perdendo seu revestimento natural. Desprotegidos e com as cutículas dilatadas, eles acabam perdendo muitos de seus nutrientes, ficando ressecados”, lembra a groomer, ressaltando que a hidratação também tem uma ação protetora para diminuir o ressecamento da pele do pet.

A especialista afirma que é possível cuidar dos pets com pelagem longa em casa, porém prefira leva-lo em um local especializado, já que um profissional capacitado saberá reconhecer melhor as necessidades específicas do seu amigo como frizz, ressecamento da pelagem, regular a elasticidade do fio, falta de nutrientes ou outro problema. Além disso, assim como em cabeleireiros, os pet shops contam com técnicas e equipamentos específicos que ajudam a potencializar a ação desses produtos, garantindo um melhor resultado.

“Para quem costuma dar banho em casa, utilize apenas hidratações próprias de uso exclusivo para cães. Esses já contam com ingredientes nutritivos e ações hidratantes. Se por acaso constatar algum problema de pele, como ressecamento, descamação, lesões, regiões avermelhadas ou mau cheiro mesmo após o banho, procure um veterinário quanto antes”, finaliza.

Liliane Minelle - Crédito da Foto: Pris de Paula / Divulgação

Liliane Minelle – Crédito da Foto: Pris de Paula / Divulgação

Continue Lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas

© Todos os direitos reservados