Jato de plasma: Entenda como esse tratamento ajuda a combater a flacidez na face

Cirurgiã Dentista Juliana Laboissiere explica sobre esse procedimento queridinho de quem procura tratamentos de pele

Você já ouviu falar sobre jato de plasma? Este procedimento estético tem conquistado a atenção de muitos, prometendo resultados incríveis no tratamento de rugas, pés de galinha, manchas, incluindo melasma, cicatrizes e diversas imperfeições na pele. Descubra mais sobre essa técnica e os cuidados necessários após o procedimento com a orientação da renomada cirurgiã dentista, especialista em harmonização orofacial, Juliana Laboissiere.

O jato de plasma é um procedimento estético que emite plasma por meio de radiação luminosa, gerando uma corrente de alta tensão. O plasma, considerado o quarto estado da matéria, é formado quando elétrons se dissociam dos átomos, criando um gás ionizado. Juliana Laboissiere detalha a função desta tecnologia: “O jato de plasma equilibra o potencial elétrico das membranas celulares, estimulando a síntese metabólica, resultando na produção de colágeno, fibras elásticas e na melhoria de irregularidades na pele.”

Cirurgiã Dentista Juliana Laboissiere - Crédito da Foto: Divulgação
Cirurgiã Dentista Juliana Laboissiere – Crédito da Foto: Divulgação

A radiação proveniente do jato de plasma cria uma lesão na pele, acelerando o rejuvenescimento celular e estimulando a produção de colágeno. Este procedimento é eficaz no tratamento de cicatrizes, estrias, linhas de expressão, rugas e facidez, oferecendo resultados notáveis. A cirurgiã dentista destaca que o jato de plasma pode ser uma solução eficiente para diversos problemas estéticos facias, desde rugas e linhas de expressão até manchas escuras e flacidez.

Cuidados Pós-Jato de Plasma com a Orientação da Cirurgiã Dentista:

Após o procedimento, é crucial adotar cuidados específicos para otimizar os resultados. A Dra. Juliana Laboissiere finaliza recomendando o uso de um gel de limpeza suave, água termal para hidratação, hidratantes calmantes e amplo uso de filtro solar. Ela enfatiza: “A escolha de dermocosméticos que estimulam a cicatrização é essencial. Em caso de tratamentos com despigmentantes, espere a completa recuperação para retomar o uso.”