Ludmilla alfineta sertanejos por apoio a Bolsonaro e pede por Lula

Ludmilla mandou uma cutucada aos sertanejos que, nesta semana, decidiram declarar apoio total a Jair Bolsonaro (PL). Fiel apoiadora de Lula (PT), a cantora comentou que os artistas que estão no lado contrário ao dela vivem em “realidade completamente diferente”.

A declaração da artista foi feita nos bastidores do Prêmio Multishow 2022, que ocorreu ontem (18), segundo informações do colunista Lucas Pasin, do Splash.

Na entrevista, a dona do hit Maldivas destacou sobre o apoio dos cantores de funk ao petista. “A gente que é do funk, da periferia, está mais chegado ao povo que está precisando de ajuda”, afirmou.

“O povo foi mais atingido, mais atingido do que a gente pela crise econômica. Eu acho que eles [sertanejos] vivem em outra realidade, e a gente está vivendo o que está acontecendo de fato”, comentou ainda.

Por fim, Ludmilla declarou que, no segundo turno das eleições, que ocorrerá no dia 30 de outubro, será a vez de Lula.

Na segunda-feira (17), cabe lembrar, nomes como Leonardo, Gusttavo Lima, Zezé Di Camargo e Fernando Zor estiveram, ao lado de outros sertanejos, no Palácio da Alvorada, em Brasília. Na ocasião, eles gravaram vídeos em apoio a Bolsonaro.

Foto: Reprodução / instagram @ludmilla
Foto: Reprodução / instagram @ludmilla

Ludmilla declara apoio a Lula há meses

Desde o começo do ano a funkeira vem declarando total apoio ao ex-presidente, antes mesmo da campanha política. Em março, por exemplo, ela chegou a participar de um evento que contou com a participação do petista no Rio de Janeiro.

O próprio político celebrou o momento especial que teve com a dona do hit Socadona. Na ocasião, Lula afirmou que era um prazer conhecer Lud, que respondeu o tuíte com emojis de coração e foguetes.