Naiara Azevedo fala sobre sua luta contra a violência

Nesta semana, a cantora sertaneja e ex-BBB Naiara Azevedo tomou uma decisão corajosa ao procurar a polícia para denunciar seu ex-marido e empresário, Raphael Cabral. A acusação? Violência patrimonial. Numa entrevista reveladora ao programa “Fantástico”, Naiara abriu o coração sobre as dificuldades que enfrentava para acessar seu próprio dinheiro, além de relatar episódios de agressões e ameaças.

Naiara Azevedo está sem acesso às contas bancárias

“Até então eu já havia sofrido violência física, moral, psicológica. Mas a violência patrimonial foi o meu gatilho. Foi aonde eu entendi que eu estava sendo impedida de trabalhar”, afirma Naiara.

 “Não Entregue Sua Vida nas Mãos de Ninguém”

Em um desabafo emocionante, Naiara Azevedo ressalta a importância da autonomia pessoal, especialmente em relacionamentos. “Tem uma frase que eu quero deixar não só para as pessoas que estão passando por uma situação como a minha. Não entregue a sua vida, por mais que você ame e por mais que você confie, não entrega sua vida nas mãos de ninguém. Eu entreguei a minha vida na mão do meu ex-marido e eu estou pagando por isso hoje”, alerta.

Naiara Azevedo consegue medida protetiva contra o ex-marido

Naiara Azevedo fala sobre sua luta contra a violência
Naiara Azevedo fala sobre sua luta contra a violência

Os Bens em Questão

A cantora detalha uma situação perturbadora, onde foi impedida de carregar equipamentos para um show devido a uma ordem de pagamento de aluguel por itens que ela afirma serem de sua propriedade. O contratempo aconteceu no momento que ela se preparava para pegar a estrada e a obrigou a cancelar um show.

Ex-marido de Naiara Azevedo se pronuncia, após denúncia de violência doméstica

 “Eu estava saindo de viagem. Os meus funcionários foram carregar minha carreta, meu ônibus, os equipamentos que a gente leva para a estrada. Quando a gente estava carregando foi dado uma ordem de que não poderia ser carregado o equipamento caso eu não pagasse o aluguel por tudo aquilo. Mas por que que eu tenho que pagar aluguel de algo que é meu? A carreta é minha. O ônibus é meu. O cenário também é meu”, afirma.

Naiara Azevedo foi agredida? Equipe da cantora explica

Essa alegação destaca a complexidade da violência patrimonial que Naiara acusa Raphael de cometer.

“É uma coisa muito difícil, não julgo quem passa por essa situação, inclusive eu. Eu participei de uma campanha de violência contra a mulher. E eu estava passando dentro da minha casa, não podia falar para ninguém. Na verdade, eu podia. Só não tinha coragem”, explica.

O Drama Financeiro

Naiara descreve um cenário onde, apesar de seus altos ganhos, ela recebia apenas uma fração mínima do faturamento. Ela relembra que, mesmo nos anos de maior sucesso financeiro, era limitada a uma mesada insignificante de R$ 1 mil. Esse relato destaca não apenas a violência patrimonial, mas também um aspecto de controle e manipulação financeira.

“Da porta para fora da minha casa, eu sempre fui uma mulher empoderada. Mas da porta para dentro. Eu falava para ele, ‘eu sou como um móvel qualquer no canto da casa’”, relembra.

Partilha dosBens

“Todo esse tempo eu venho cobrado pra gente fazer a nossa partilha de bens. Nunca aconteceu. Sempre houve uma reluta, um não, não vamos. Eu só quero o que é meu, o que eu trabalhei para ter. Eu não quero uma gota de suor do trabalho do meu ex-marido. Eu não estou aqui para tirar o mérito de ninguém. Ele trabalhou, sim, trabalhou para caramba e ele merece ter direito de 50% dele. E eu, do meu. Eu só quero o que é meu. Eu só quero clareza diante do meu trabalho, do meu suor, dos meus sonhos, da minha luta”, garante.

Raphael Cabral, ex-marido de Naiara Azevedo
Raphael Cabral garante que vai provar a sua inocência – Reprodução Globo

A Resposta de Raphael Cabral

Em contrapartida, Raphael Cabral nega as acusações de violência patrimonial e física. Ele afirma estar comprometido em provar sua inocência diante das autoridades. Em um cenário onde a Justiça de Goiás já concedeu uma medida protetiva a favor de Naiara, a situação se complica para o empresário.

Raphael se defende e expressa surpresa e decepção com as acusações. Ele menciona que sempre esteve disposto a resolver as questões amigavelmente, especialmente no que diz respeito à divisão de bens. Ele também nega veementemente ter agredido Naiara e reafirma seu compromisso em demonstrar sua inocência.

A Luta de Naiara Por Justiça

Enquanto a cantora busca justiça e reparação, a complexidade do caso se desdobra. Com acusações mútuas e relatos conflitantes, a situação de Naiara Azevedo e Raphael Cabral continua a ser um exemplo preocupante dos desafios enfrentados por mulheres na luta contra a violência doméstica e patrimonial.

Explicações a serem comprovadas

Raphael falou com o “Fantástico” para dar seu lado da história. Sobre o cancelamento do show por falta de pagamento dos equipamentos ele informou que tudo pertence a uma empresa registrada em nome de sua mãe e seu irmão. Raphael também mostrou notas fiscais referentes aos aluguéis recentes.

O empresário garante  que seu departamento jurídico prestará contas aos advogados de Naiara. Ele afirma ainda que a documentação referente a partilha dos bens será apresentada.

“Já está tudo levantado. Estamos esperando para a gente poder sentar e entender o que pode ser feito. Eu falo pra você, em rede nacional: eu vou passar 100%. Não tenho interesse”.

Raphael nega ter agredido a cantora e promete provar sua inocência. Ele tem 38 anos e trabalha como empresário no ramo do entretenimento. Em suas redes sociais, além de Naiara Azevedo, ele informa representar outros artistas como Ícaro e Gilmar, Humberto e Ronaldo e Gabriel Gava.