Nick Carter lamenta morte do irmão Aaron: ‘Meu amor por ele nunca desapareceu’

O cantor Nick Carter, integrante da banda Backstreet Boys, usou suas redes sociais neste domingo, 6, para lamentar a morte de seu irmão Aaron, que foi encontrado sem vida em Lancaster, na Califórnia. “Meu coração foi partido. Mesmo que meu irmão e eu tenhamos um relacionamento complicado, meu amor por ele nunca desapareceu”, declarou Nick, recordando das brigas com o irmão.

“Sempre mantive a esperança de que ele, de alguma forma, algum dia, quisesse trilhar um caminho saudável e, eventualmente, encontraria a ajuda de que precisava tão desesperadamente.

Às vezes queremos culpar alguém ou algo por uma perda, mas a verdade é que o vício e a doença mental são os verdadeiros vilões aqui. Vou sentir falta do meu irmão mais do que qualquer um jamais saberá. Eu te amo Chizz. Agora você pode finalmente ter a paz que nunca poderia encontrar aqui na terra… Eu te amo irmãozinho”, finalizou o astro, compartilhando fotos ao lado do irmão.

Nick Carter lamenta morte do irmão Aaron: ‘Meu amor por ele nunca desapareceu’
Nick Carter lamenta morte do irmão Aaron: ‘Meu amor por ele nunca desapareceu’

Aaron Carter iniciou a carreira no mundo artístico na década de 90, com o disco de estreia Aaron Carter (1997), contendo obras de sucesso como as músicas “Crazy Little Party Girl’ e “Shake It”. Outros álbuns de sucesso lançados por Carter foram “Oh Aaron” (2001), com a música “I’m All About You”; e “Another Earthquacke!” (2002), com os hits “To All The Girls” e “Summertime”, em parceria com Baha Men. Lançou o disco “Love” em 2018, contendo a música “Sooner or Later”, que alcançou mais de 75 milhões de plays no Spotify.

Por conta disso, a faixa entrou para a playlist “Today’s Top Hits” da plataforma. A polícia norte-americana ainda investiga as causas da morte do cantor de 34 anos.