Amazon League Club anuncia NFTs de preservação da Amazônia e terá Hulk jogador patrocinado pela Adidas como embaixador no Brasil

A Amazon League Club desenvolve uma coleção de tokens não-fungíveis (NFTs) que irá revolucionar a forma com que se preserva o meio ambiente,através da tecnologia blockchain. O projeto, que será lançado oficialmente em julho de 2022, tem como embaixador original o jogador do Atlético Mineiro Hulk que é patrocinado da Adidas. O craque brasileiro encabeça uma “liga de heróis” e dará vida à primeira coleção da Amazon League Club.

A coleção de tokens consiste em cards de NFTs que são convertidos em áreas de preservação de terras privadas, e nesta primeira série pertencem aos biomas da mata atlântica e da floresta amazônica brasileira.

Para cada NFT vendido, uma área privada de 10m² é preservada em regiões como a Amazônia e a praia de Pipa, localizada no Rio Grande do Norte. As duas primeiras coleções, chamadas Collection Hulk e Collection Hulk Exclusive, emitirão 3.377 NFTs no total. A venda dos cards acontecerá na plataforma OpenSea.

Cada token da Collection Hulk será negociado a partir de US$ 100 no lançamento, no mercado cripto, e parte do valor arrecadado será revertido em pagamentos por serviços ambientais. Inicialmente, a Collection Hulk preserva 1 hectare de terra, além de entregar privilégios exclusivos como airdrops, sorteios de viagens (como a Amazon Expediction, em setembro/2022) e acesso à comunidade, e ao herói da coleção, além de conter imagens feitas pelo, mundialmente renomado fotógrafo paraibano, Toddy Holland. Os detalhes serão divulgados no lançamento.

A primeira coleção conterá 1.000 NFTs que serão ofertados durante a pré-venda dos tokens, que se inicia em 05 de Junho de 2022. Os demais cards devem ser oferecidos em outras séries, sendo que 300 deles são reservados para promoção e eventos da Amazon League Club.

Existem ainda 77 NFTs considerados raros e que compõe a coleção Collection Hulk Exclusive, e que também fazem parte da Amazon League Club. Esses tokens serão comercializados por $10.000,00 no lançamento e possuem acesso VIP ao ecossistema do projeto, com imagens exclusivas feitas pelo renomado fotógrafo paraibano, Toddy Holland, além de entregar privilégios exclusivos como airdrops, sorteios de viagens (como a Amazon Expediction, em setembro/2022) e acesso à comunidade, e ao herói da coleção. Os detalhes serão divulgados no lançamento.

A coleção de cards de heróis busca criar uma utilidade sustentável e de preservação para terras privadas, através de tokens não-fungíveis. Além de representarem um investimento no mercado cripto, os NFTs podem ajudar a preservar nossa maior riqueza, os biomas. comenta Clynson Oliveira, CEO da Amazon League Club.

“A Collection Hulk permitirá a qualquer pessoa investir diretamente na preservação ambiental de terras privadas no Brasil. Sem intermediários ou processos burocráticos, os NFTs da Amazon League Club protegerão biomas ameaçados, utilizando a tecnologia blockchain para criar um mecanismo descentralizado totalmente sustentável de conservação da natureza, gerando riqueza para quem realmente conserva.”

     

Hulk é embaixador de liga de heróis em NFTs

Transformado em herói original pela Amazon League Club, Hulk é o primeiro embaixador do projeto NFT que promete utilizar a tecnologia blockchain para transformar a preservação ambiental no Brasil.

A coleção da Amazon League Club apresenta uma liga de heróis que irá preservar terras privadas em biomas ameaçados pela exploração humana. Liderados por Hulk, os NFTs também serão representados por outros personagens, heróis, a serem revelados oportunamente.

O herói verde Hulk encabeçará a primeira coleção a ser lançada no mercado. A “Collection Hulk” traz cards dos biomas Floresta Amazônica e Mata Atlântica.

Amazon League Club: coleção de tokens não-fungíveis (NFTs) criados a partir da tecnologia blockchain e que são convertidos em remuneração por serviços ambientais de conservação de áreas privadas. Cada NFT corresponde a 10m² de área preservada em biomas como mata atlântica e floresta amazônica. Cada NFT também dá acesso privilegiado a àreas correspondentes de conservação privada.