Lipe lança versão pagode do hit “Bom dia, Amor” e anuncia EP

Música e clipe estreiam nesta sexta (11) nos streamings e YouTube

Um dos principais hits deste ano, “Bom dia, Amor”, acaba de ser relançado em versão pagode, deixando melhor ainda o que já era muito bom. O cantor e compositor Lipe explica: “eu escrevi essa música como um pagode e já estava na hora de relançá-la do jeito que ela nasceu pra ser”. E não para por aí, o artista aproveita para anunciar seu mais novo EP “De Rolé”, que será lançado em breve, e contará com mais 5 faixas, além de “Bom dia, Amor”, marcando o início de uma nova fase em sua carreira voltada para o pagode.

“Eu vim do pagode, foi nele que a minha trajetória musical começou. Sem falar que sou pagodeiro de berço. Sempre ouvi muito desde a infância, enquanto jogava bola. Então, voltar pra esse universo é muito natural pra mim, porque é de onde eu vim”, explica Lipe sobre seu novo momento. “Eu digo que o estilo de música que estou fazendo é um ‘pago-pop’, porque traz um pouco dessa veia do pop que também é muito forte em mim, tenho certeza que a galera vai se familiarizar muito” conclui.

Para a nova versão de “Bom dia, Amor”, a produção ficou por conta de Luciano King (baterista do Zeca Pagodinho) que convidou músicos de peso. Participam da gravação: Alessandro Chapa (Cavaquinista do Zeca Pagodinho), Gabriel Ferrari (Baterista do

Ferrugem), Zaza (Baixista do Dilsinho), Miguel Torres (Percussionista do Menos é Mais), Testa (Violonista do Di Propósito) e Lucas Alexandre (Percussionista do Jefinho) e nos pianos e arranjo, Rodrigo Gordinho. e Nay, Cozme e Sérgio Torres (Coro). A música também conta com a mixagem e masterização de Gabriel Vasconcelos, nomeado 7x ao Grammy Latino e atual FOH do Thiaguinho.

O clipe conta com uma série de registros que mostram a vivência de Lipe no pagode, seja de shows que já realizou ou de participações especiais com outros artistas. Além disso, o cantor pretende lançar nos próximos dias um documentário que revela um pouco mais as etapas de produção do novo trabalho.

Sobre Lipe:

Luiz Felipe Torres, ou simplesmente “Lipe”, veio da cidade de Niterói (RJ) e surgiu no cenário musical brasileiro trazendo a garra de uma nova geração de artistas. Dono de uma voz inconfundível, ainda na adolescência deu início às primeiras apresentações na escola e em concursos de música locais. Devido ao sucesso de suas composições, criou um canal no Youtube e seus vídeos repletos de carisma, talento e bom gosto musical se espalharam rapidamente. Não demorou para que ele ganhasse visibilidade enquanto cantor e compositor, já que suas músicas já acumulam mais de 70 milhões de reproduções em serviços de streaming atualmente.

Os trabalhos que vêm sendo apresentados pelo artista mostram sua extensa vertente musical. Em seu currículo, o músico traz, desde 2018, canções que passeiam por gêneros como pagode, pop e R&B. Com o single “Idas e Vindas” (em parceria com o grupo MTK), ele conseguiu alcançar o topo das 50 canções mais virais do Brasil no Spotify. Depois veio a romântica canção autoral “Bom Dia, Amor”, seu primeiro lançamento para 2022, que conquistou visibilidade expressiva. Na sequência apresentou a inédita “Açaí”, fechando seu EP “LIPE”. Agora, o cantor embarca em nova fase da carreira voltada para o pagode, com o relançamento de “Bom dia, Amor” e o anúncio de seu novo EP “De Rolé”.

Foto: Agatha Mandarino