O ator e cantor Arthur Aguiar cobra grana alta por ingresso e lota palestra

Nesta segunda (17), Arthur Aguiar apresentou uma palestra sobre sua trajetória de vida para uma plateia lotada em Nova York, nos Estados Unidos, pelo valor mínimo de US$ 99 (R$ 538 na cotação atual). Alguns ingressos chegaram a custar US$ 199 (R$1.082). Quando vídeos eram mostrados no telão, o público chegava a gritar.

A ideia do ator e cantor era apresentar ao público o tema “De cancelado a queridinho do Brasil”. O artista conversou sobre a passagem pelo BBB 22, de onde saiu como campeão com R$ 1,5 milhão no bolso, explicou sua relação com Deus e deu detalhes sobre a carreira profissional. A vida pessoal também foi mencionada.

A influenciadora Maíra Cardi, mulher de Aguiar, viajou com o marido. Ela também foi anunciada pela organização do evento, chamado de Poder do Network. O “intensivão” contava, ao todo, com 16 horas de palestras. A própria Maíra chegou a falar no palco.

Arthur Aguiar cobra grana alta por ingresso e lota palestra - Foto: Reprodução / Twitter
Arthur Aguiar cobra grana alta por ingresso e lota palestra – Foto: Reprodução / Twitter

A ideia do projeto era reunir nomes considerados referência nos trabalhos de empreendedorismo, ramo motivacional, inteligência emocional e marketing digital. Além de Aguiar e Maíra, se apresentaram Bruno Avelar, Tiago Brunet, Paulo Vieira, Kaka Diniz e outros.

Antes da estreia como palestrante no evento, o vencedor do último BBB concedeu uma entrevista ao jornal O Globo revelando alguns detalhes de sua própria fala. “Fazer um 360 na minha vida inteira, falar sobre vários pontos em que me questiono se é coincidência ou se é Deus”, revelou.

“Eu vou falar de quando fui no programa da Xuxa pedir patrocínio, de quando abandonei a natação para fazer teatro, da minha entrada no Rebelde, da minha separação, da minha entrada no BBB e deste pós-BBB. É uma palestra em que eu falo bastante coisa”, resumiu o cantor.

“É sobre alcançar o seu sonho sem conhecer ninguém, sem dinheiro e saindo do nada. Eu fui nascido e criado na zona norte do Rio de Janeiro. Eu não conhecia ninguém e não tinha dinheiro, e mesmo assim comecei a fazer. Então, é mais importante a sua vontade, a sua coragem, a sua ousadia do que propriamente contatos e dinheiro”, avaliou.